Livros cristãos gratuitos para estudos bíblicos sobre salvação, o Espírito Santo, o Tabernáculo e o Apocalipse de João

HOME  |  MAPA DO SITE  |  CONTATO  |  AJUDA    
Estudos da Bíblia Livros Cristãos
Grátis
e-livros Cristãos
Grátis
Sobre Nós
 



 Os sermões em assuntos importantes por Rev. Paul C. Jong

 

O Sermão do Monte


< Mateus 5:1-16 >

“Vendo Jesus as multidões, subiu a um monte e assentou-se. Aproximaram-se dele os seus discípulos, e ele começou a ensiná-los, dizendo:

Bem-aventurados os pobres de Espírito,

porque deles é o reino dos céus.

Bem-aventurados os que choram,

porque eles serão consolados.

Bem-aventurados os mansos,

porque eles herdarão a terra.

Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça,

porque eles serão fartos.

Bem-aventurados os misericordiosos,

porque eles alcançarão misericórdia.

Bem-aventurados os puros de coração, porque eles verão a Deus.

Bem-aventurados os pacificadores,

porque eles serão chamados filhos de Deus.

Bem-aventurados os que sofrem perseguição por causa da justiça, porque deles é o reino dos céus.

Bem-aventurados sois vós, quando vos injuriarem e perseguirem e, mentindo, disserem todo mal contra vós por minha causa.

Rogozijai-vos e alegrai-vos, porque grande é o vosso galardão nos céus, pois assim perseguirão os profetas que foram antes de vós.

Vós sois o sal da terra. Mas se o sal se tornar insípido, com que se há de salgar? Para nada mais serve senão para ser lançado fora e pisado pelos homens. Vós sois a luz do mundo. Não se pode esconder uma cidade edificada sobre um monte. Nem se acende uma lâmpada e se coloca debaixo de uma vasilha, mas no candelabro, e ilumina todos os que estão na casa. Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai que está nos céus.”



Nós lemos em Mateus capítulo 5, dos versículos 1 ao 7, o que Jesus falou a Seus discípulos e a nós. Os cristãos têm chamado esse ensinamento de ‘o Sermão do Monte’ desde que Jesus disse essas coisas no monte.



A Bênção para Aqueles que são Pobres de Espírito

Primeiro, se olharmos as Escrituras em Mateus capítulo 5, Jesus disse: “Bem-aventurados os pobres de Espírito, porque deles é o reino dos céus.” O que o Senhor quer dizer quando Ele fala “bem-aventurados os pobres” é que Ele dá o Céu somente àqueles que são pobres de espírito.

Seu ensinamento que “bem-aventurados são os pobres de espírito” é a Verdade. E é isso mesmo. O pobre de espírito sobre o qual Jesus está falando não pode se contentar com esse mundo, e por esse motivo aceita a salvação que vem do Senhor. Se seu espírito se satisfaz com coisas materiais, é impossível para você aceitar a remissão de pecados que Ele nos concede através do evangelho da água e do Espírito. É por isso que Ele diz que se você for pobre de espírito, o reino de Deus será seu. Deus perdoa o pecado e dá o Céu a você que é pobre de espírito.



A Bênção para Aqueles que Sofrem pelo Evangelho da Água e do Espírito

O Segundo ensinamento de Jesus em Mateus 5:4 diz: “Bem-aventurados os que choram, porque eles serão consolados.” Este é o ensinamento que Ele deixou quando viu que aqueles que creram no evangelho da água e do Espírito estavam sofrendo por causa dos pecados que eles cometeram diante de Deus. O Senhor disse que aqueles que choram diante de Deus por causa dos seus pecados serão consolados. E por que isso acontece? Porque tais pessoas agonizam diante de Deus por causa dos seus pecados. Aquele que reconhece a Deus, e crê que Ele está vivo, não pode fazer outra coisa senão chorar por causa dos seus pecados. Deus conforta essas pessoas dando a elas a salvação através do evangelho da água e do Espírito.

Na verdade, mesmo crendo em Jesus, nós frequentemente cometemos erros diante de Deus e cometemos pecados sem exceção. Todavia, o conforto de Deus está lá para aqueles que estão feridos em seus corações por causa dos pecados que cometeram, já que eles não viveram segundo a vontade de Deus, e ainda cometem pecado mesmo reconhecendo a Deus.

Nós erramos de muitas maneira diante de Deus. Naturalmente, alguns podem se tornar insensíveis às suas iniquidades e pecar porque eles estão certos de que se agirem segundo o instinto que Deus lhes deu isso não será ruim. Contudo, nós não receberemos o conforto que Deus nos dá se não nos lamentarmos em nossos corações quando errarmos, quando não vivemos segundo a vontade de Deus. É por isso que você e eu precisamos ter um coração que crê no evangelho da água e do Espírito quando pranteamos diante de Deus por causa das nossas obras más, e quando pranteamos por causa dos pecados cometidos uns para com os outros.

Esta é a única forma dos nossos corações serem verdadeiramente consolados através do conforto da salvação que Deus nos dá.



A Bênção que os Mansos Recebem

Em Mateus 5:5, a Bíblia nos diz que “bem-aventurados são os mansos, porque eles herdarão a terra.” Existe uma razão pela qual nossos corações devem ser mansos diante de Deus. Se nossos corações forem mansos diante de Deus, então poderemos aceitar as palavras da salvação da água e do Espírito que Ele falou aos nossos corações. Mas se os nossos corações não forem mansos mas desafiador, não poderemos aceitar todas as palavras de Deus em nossos corações. É por isso que os corações que não são mansos podem se tornar um problema. É por isso que a atitude de nossos corações diante de Deus é importante. Os hipócritas podem enganar as pessoas por algum tempo, mas eles não podem ter uma comunhão eterna com Deus a menos que eles aceitem a Palavra de Deus com um coração manso.

Em Mateus 5:5, a Bíblia nos diz que “bem-aventurados são os mansos, porque eles herdarão a terra.” Estas palavras nos dizem que aqueles que receberam a remissão de pecados herdarão o Reino Milenial e o eterno Reino de Deus como herança da sua fé. Se nós aceitarmos em nossos corações o evangelho da remissão, isto é, o evangelho da água e do Espírito, nós receberemos o perdão eterno dos nossos pecados. Todo aquele que aceitar mansamente em seu coração que o evangelho da água e do Espírito é a Verdade estará aceitando todas as bênçãos divinas do Céu. Estas palavras nos mostram como realmente são abençoados aqueles que aceitam o evangelho da água e do Espírito com um coração manso.

Nós devemos aceitar em nossos corações que ‘todas as palavras de Deus são autênticas.’ Deus nos disse tudo por meio da Palavra de Deus. Deus nos disse através da Sua Palavra: “vocês estão cheios de pecados por causa dos seus antepassados.” Então todos nós deveríamos ter um coração que reconhecesse as palavras de Deus. Qualquer palavra que venha da boca de Deus, devemos mansamente aceitá-las como elas são. Qualquer palavra que Deus, que é a Verdade, fale, todas elas são (nota: “verdade autêntica” não é uma expressão brasileira muito comum) verdade. Aqueles que aceitam mansamente em seus corações todas as palavras de Deus conseguem ter a fé que os leva a herdar o Reino dos Céus.

Aqueles que têm um coração manso diante de Deus crêem firmemente nas palavras que Deus nos falou como elas são. Por esse motivo, Deus fala a eles a respeito do evangelho da água e do Espírito. E Ele oferece o Reino Milenial como herança àqueles que em seus corações aceitaram o evangelho da água e do Espírito. Esta é a fé que nos capacita a herdar a nova terra.



A Bênção que Aqueles que Querem Servir ao Evangelho da Água e do Espírito Recebem

E no versículo 6, se diz: “Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque eles serão fartos.” Estas palavras significam que aqueles que estão famintos pela obra de Deus serão saciados pela obra de justiça de Deus. Os justos estão famintos por servir a Deus. Portanto, eles fazem a obra de Deus para se saciar com a comida que alimenta o seu espírito. Isto porque todas as obras de Deus são alimento que dá vida à alma de todos (Isaías 55:1). Toda obra de Deus é também provisão espiritual para os justos. Essa verdade é um segredo escondido para aqueles que ainda não nasceram de novo. Os justos matam sua fome por meio das boas obras em comunhão com a igreja.

Para nós que nos tornamos justos através da remissão de pecados, ou nós estamos famintos por fazer obra de Deus ou estamos famintos pelos desejos carnais. Para todo aquele que tem um coração que deseja fazer a obra de Deus, Deus sempre torna possível realizar as boas obras por completo através da Sua igreja. Deus nos dá a fé espiritual para que possamos trabalhar para Ele, e nos faz ser cheios à medida que trabalhamos em favor da justiça. Verdadeiramente, aqueles que querem realizar boas obras para Deus aprendem pela experiência o quanto eles podem ser cheios em seu espírito.

Você está faminto pelas boas obras de Deus? Se estiver, você será cheio em seu espírito ao pregar o evangelho da água e do Espírito e fazer a obra de Deus. Você deve entender que mesmo que seu homem exterior ainda possua um coração que persegue os desejos carnais, o Espírito Santo dentro de você está faminto pelas boas obras de Deus, e sempre vai estar disposto a fazer essas boas obras.

Nosso Senhor disse em Mateus capítulo 4 que “não só de pão vive o homem, mas de toda a palavra que sai da boca de Deus.” Quando Jesus estava jejuando por 40 dias, o diabo apareceu na Sua frente e disse: “se tu és o Filho de Deus, manda que estas pedras se transformem em pães.” O diabo tentou a Jesus e a todo mundo, dizendo que ‘o pão para o corpo é a vida.’ Entretanto, não é bem assim. E isto porque Jesus disse: “não só de pão vive o homem, mas de toda a palavra que sai da boca de Deus.” Isto acontece porque os seres humanos possuem um espírito. Por essa razão, os homens precisam comer pão para o corpo, mas eles também precisam comer a Palavra de Deus que procede da Sua boca, que é alimento para o espírito. Esta é a única forma do nosso corpo e do nosso espírito viverem. Na sua essência, essa verdade nos diz que a Palavra de Deus que foi dita por Ele permite que nosso espírito viva. Nós, os justos, não podemos viver apenas de pão para o nosso corpo, mas ouvindo e crendo na Palavra de Deus que procede da Sua boca.

Não importa quanto pão um santo nascido de novo coma, sempre existirá uma sensação de fome e sede porque o espírito está faminto pelas boas obras de Deus. Já que o Espírito Santo vive dentro do coração dos justos, devemos viver realizando boas obras. Isto é, os justos só podem viver ouvindo e crendo em toda palavra que sai da boca de Deus. Isso mostra que nós podemos viver somente crendo em cada palavra de Deus e seguindo o Senhor com fé.

O espírito dos santos nascidos de novo são famintos pelas boas obras de Deus. E já que o Espírito mora no coração dos justos, devemos viver praticando as boas obras. Isto é, os justos devem viver ouvindo e crendo em cada palavra que procede da boca de Deus. O espírito dos justos pode se regozijar com a plenitude espiritual ao anunciar o evangelho da água e do Espírito a outros. O espírito e o corpo dos justos vivem de fazer a boa obra de salvar os outros dos seus pecados.

Há um desejo no coração dos nascidos de novo de fazer as boas obras. Nós, os justos, de maneira nenhuma podemos viver apenas das coisas desse mundo. De maneira alguma podemos viver só da carne. Em meio aos justos, aqueles com uma fé fraca têm pensamentos como este: “já que eu recebi a remissão de pecados, agora eu posso viver e me preocupar somente com comida, roupas e casa.” O justo que pensa assim acaba seguindo seus próprios desejos, e no final perde sua fé.

Entretanto, o justo não pode viver seguindo apenas o desejo da carne. E mesmo que o justo siga o desejo da carne, ela não poderá satisfazer seu desejo. Se ele seguir apenas o desejo da carne, o coração desse justo se tornará vazio. Por outro lado, nós, aqueles que nasceram de novo, estamos famintos e sedentos pelas boas obras, e por isso sempre nos alegramos quando anunciamos o evangelho da água e do Espírito. Um justo experimenta o bem-estar do espírito e o bem-estar da carne quando crê na Palavra de Deus e pratica boas obras.

Os novos crentes frequentemente não entendem esta verdade da fé. Por esse motivo, pessoas que estão fracas na fé sempre morrem espiritualmente depois de levar uma vida que procura os desejos carnais. Os justos que procuram os desejos carnais são tentados pelo diabo com coisas da carne. E se o justo não resistir a essa tentação, ele certamente morrerá.

Foi por isso que o Senhor falou que bem-aventurados são os que têm fome e sede de justiça. E você e eu agora nos tornamos pessoas que cumprimos a justiça de Deus. Portanto a verdadeira provisão para nosso espírito é anunciar o evangelho da água e do Espírito. É trabalhar pela justiça de Deus. Quando anunciamos o evangelho da água e do Espírito, ele se torna a verdadeira provisão do espírito para você e para mim.

Quando nosso Senhor estava aqui na terra com Seus discípulos, houve vezes em que o Senhor precisou de alimento para o seu corpo também. Uma vez em Sicar, cidade de Samaria, os discípulos de Jesus tiveram que ir muito longe para encontrar alimento. E quando os discípulos conseguiram comida, dizendo: “Senhor, coma isso.” O Senhor disse: “uma comida tenho para comer, que vós não conheceis.” Esta comida de que Ele falou está em anunciar o evangelho da água e do Espírito. Foi isso que Jesus falou quando disse a mulher junto ao poço que Ele mesmo era o Messias.

Devemos saber que Jesus produziu comida para Seu espírito cumprindo a vontade do Pai. Uma vez que os discípulos não conheciam essa verdade pois ainda eram muito imaturos espiritualmente, Jesus disse isso a eles. Isto é, estas palavras foram para você e para mim e também para os outros cristãos nascidos de novo.

Na verdade, a maneira pela qual o espírito dos justos deve viver é seguindo e crendo e cumprindo a justiça de Deus, sendo cheio assim todos os dias. Os justos são cheios por crer e cumprir a justiça de Deus. Nós somos cheios quando cumprimos a justiça de Deus, e podemos viver quando adoramos a Deus.

Há bênção para as pessoas que têm fome e sede da justiça de Deus. Você têm fome e sede da justiça de Deus? –Sim. – Eu tenho sede da justiça de Deus também. Assim, depois de fazer essa parte da obra de Deus uma vez, eu faço outra obra para Sua justiça, e faço a obra de Deus, e continuo a buscar e cumprir a justiça.

Um dia, eu assisti um programa na televisão chamado ‘Viagem pelo Mundo.’ Nesse programa, as pessoas que tinham viajado para diferentes partes do mundo estavam mostrando as filmagens que eles haviam feito nesses diferentes países do mundo. Enquanto eu assistia ao programa, eu pensei que ‘eu poderia levar o evangelho da água e do Espírito àqueles países.’ Quando muitas pessoas assistiam o programa e se divertiam ou estavam interessadas numa nova cultura, eu, um justo, percebi que as pessoas naqueles países precisavam do evangelho da água e do Espírito enquanto o assistia. Pelo fato dos justos terem fome e sede de justiça, independentemente do que eles vêem, sua visão têm uma perspectiva diferente. Nós, os justos, sentimos a necessidade de passar adiante o evangelho da água e do Espírito àqueles que no mundo não conhecem a justiça de Deus.

O que acontece se passarmos adiante o evangelho da água e do Espírito a eles? Ele serão libertos de todos os seus pecados, não serão? Isto é certo. Se nós quisermos passar adiante o evangelho da água e do Espírito às pessoas desses países, existe algo que devemos fazer primeiro, e isso é encontrar alguém que entenda a língua e a cultura daquele país. É por isso que antes de tudo nós estamos tentando encontrar bons tradutores de vários idiomas.

Deus sempre ajuda aqueles que têm fome e sede de justiça e querem fazer boas obras. Quando tentamos encontrar pessoas que poderiam traduzir, descobrimos que poderíamos encontrá-las se colocássemos um anúncio na Internet, e nós colocamos. Finalmente, nós tivemos algumas respostas. Muitas pessoas interessadas se inscreveram, e nós confiamos nossas traduções a elas depois de selecionar tradutores capacitados para cada idioma.

Nós somos pessoas justas que estão passando adiante o evangelho da água e do Espírito às pessoas desse mundo. Os justos querem passar adiante a justiça de Deus a toda alma perdida desse mundo. Nós, os nascidos de novo, temos fome porque queremos anunciar o justo evangelho a todos nesse mundo.

Já que a justiça de Deus é a verdadeira provisão da vida para o espírito dos justos, aqueles que têm fome e sede de justiça serão saciados. Os justos não têm como viver sem cumprir a justiça de Deus nesse mundo. Sem alimento espiritual, eles acabam morrendo de fome em seu espírito. Espiritualmente falando, os justos são como boas árvores que dão bom fruto. Assim como ficamos com fome se não alimentarmos nosso corpo, os justos que receberam a remissão de pecados não poderão viver devido à fome espiritual caso não cumpram a justiça. Amados cristãos, tentem levar uma vida que não cumpre a justiça e que não tem comunhão com a igreja. Então, vocês sentirão profundamente o quanto seu espírito está faminto pela justiça de Deus. Porque os corações dos justos estão famintos pela justiça e desejam cumprir a Palavra de Deus, eles desejam comer o alimento espiritual.

Pessoas que são jovens na fé precisam continuar sendo alimentadas em seu espírito, mas se sua fé crescer até certo ponto depois deles comerem uma boa quantidade de alimento espiritual e cumprirem a justiça, eles poderão gozar a alegria da salvação em si mesmos.

É por isso que os nossos antepassados que tinham a fé dos justos procuravam levar uma vida de justiça. Eu sempre digo para meus colegas: “vamos dar um tempo depois disso.” Contudo, é difícil fazer isso. Não há como evitar morrer espiritualmente se você e eu não fizermos a obra de Deus! Nós temos que fazer a obra do Espírito.

Amados cristãos, vocês não comem quando seu corpo está com fome? Se vocês estiverem morrendo de fome, vocês têm que comer. Portanto, todo aquele que tem fome e sede da justiça de Deus deve fazer a obra de Deus. Pessoas assim são pessoas abençoadas. Nosso Senhor sempre diz isso aos justos. Nós, os justos, somos cheios em nosso espírito quando fazemos a obra de Deus. Amados irmãos em Cristo, se você quer ser cheio, seja dedicado à obra de Deus!

Entretanto, vocês não podem fazer a obra de Deus sozinhos. Sendo assim, devemos fazer a obra de Deus em união uns com os outros. Ouvir a Palavra de Deus é a justiça, e ler a Palavra de Deus e orar a Deus pedindo Sua ajuda tem a ver com a justiça de Deus, assim como trabalhar em cada área também tem a ver com a justiça de Deus. O Senhor diz: “mas buscai primeiro o reino de Deus e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas.” Deus nos disse para buscarmos primeira a Sua justiça. Isso significa que pensamos na obra de Deus primeiro e nas coisas da carne depois. Se nós agirmos assim diante de Deus, receberemos então todas as bênçãos de Deus na carne e no espírito. Esta é a verdade sobre o espírito que Deus nos falou. Esta é a verdade que os cristãos e os servos de Deus nunca deveriam esquecer.



A Bênção que os Misericordiosos Recebem

Mateus 5:7 afirma: “Bem-aventurados os misericordiosos, porque eles alcançarão misericórdia”. Na Bíblia, ser misericordioso com os outros significa ter compaixão pelos pecadores. Quando nós vemos pessoas que são pecadoras, nós pensamos ‘que pena’. Quando nós, os justos, olhamos para a alma daqueles que ainda não nascerão de novo, sentimos pena deles. E isto não somente com pessoas do nosso país, mas é a mesma coisa quando vemos pessoas de muitos outros países no mundo.

Em minha primeira viagem missionária a China, eu parei numa cafeteria em Pequim para descansar um pouco com um colega meu. Eu encontrei dois viajantes do ocidente sentados ao nosso lado, pedindo apenas um pedaço de pão e duas xícaras de café. Enquanto estávamos tendo um conversa séria sobre os planos missionários para aqueles país, eles fizeram companhia um ao outro por mais de duas horas. Quando um deles falava, o outro ouvia e dizia ‘ah’, e quando o outro falava, então o primeiro dizia ‘ah.’ Eles estavam realmente gostando de conversar um com o outro. Qualquer que fosse o assunto da conversa, seu interesse pela conversa parecia muito sincero.

Em todo caso, quando eu vejo pessoas assim, eu sinto compaixão por elas também. Elas ficam tão sérias quando conversam sobre assuntos comuns da carne, mas elas precisam ouvir de nós o evangelho da água e do Espírito. E este é o assunto mais importante que elas devem ter para conversar. Eu sinto compaixão quando vejo tais pessoas. Mesmo que elas vivam se vangloriando, é uma pena elas não poderem conhecer o evangelho da água e do Espírito.

No coração de nós justos, há um desejo nosso de fazer livros para a provisão das almas perdidas, e distribui-los a cada pessoa. Todavia, mesmo assim eles não saberiam quão miseráveis eles são. Embora nosso país não tenha tanta riqueza e poder comparado aos países mais avançados do ocidente, e que por esse motivo eles olharem para nós como pessoas de uma país fraco, nós, os justos, temos compaixão por todos no mundo. Mesmo as pessoas dos países de considerável riqueza são miseráveis aos olhos dos justos.

“Bem-aventurados os misericordiosos, porque eles alcançarão misericórdia”. Isso significa que aqueles que têm compaixão pelos outros alcançarão misericórdia. Como é grande o número de pessoas pelas quais nós devemos ter misericórdia! Esta é uma grande verdade em todo o mundo.



A Bênção que Aqueles que Têm o Perdão dos Pecados Recebem

O Senhor disse em Mateus 5:8: “Bem-aventurados os puros de coração, porque eles verão a Deus.” Jesus disse que aqueles que são puros de coração verão a Deus. Amados irmãos em Cristo, basicamente, aqueles que são puros de coração são aqueles que receberam a remissão de pecados em seus corações por crerem na Palavra de Deus e no evangelho da água e do Espírito. Aqueles que não seguem o desejo da carne mas o evangelho da água e do Espírito são os puros de coração.

Eu assisti a um filme épico na televisão ontem. No filme, um dos súditos do rei se rebelou contra ele e atacou o seu palácio. Aquele que estava no trono ficou muito triste com a rebelião. O súdito do rei então tramou sua traição com o apoio dos seus subordinados. Primeiro, o súdito era contra tomar o trono. “Eu não posso fazer isso. Trair o rei sendo seu súdito é contra meus princípios.” Até parecia que ele entendia de princípios e que ele era justo, mas ele não passava de um covarde. Ele havia esperado por uma oportunidade para subir ao trono, e finalmente aceitou o desejo dos seus subordinados de depor o rei, fingindo que isso era contra sua vontade, mas fazendo porque foi persuadido por sua esposa. Aqueles que começam uma revolução são a mesma coisa. Por isso, está correto, quando alguém diz, que política é o processo que faz com que os interesses pessoais de alguém se tornem interesses públicos.

Amados irmãos em Cristo, nosso Senhor pode perder o nosso apoio? Não, Ele não pode. O Senhor é o Rei dos reis absoluto e um bom Rei para nós. O Rei dos reis se humilhou e salvou Seu povo dos seus pecados. Ele limpou todos os pecados do Seu povo com o evangelho da água e do Espírito. Então, o povo de Deus deve seguir o Senhor com fidelidade ou não? Eles se colocam à disposição para seguir Seu Rei.

Jesus Cristo, que é o Rei dos reis, é o Rei dos justos. Jesus Cristo, que é o Rei do universo, é o nosso Deus. Quando nós olhamos para o que foi registrado em Mateus capítulos 1 ao 7, podemos entender claramente que Jesus Cristo não era alguém que era uma simples criatura como Confúcio, Sócrates, Platão, ou Buda. Jesus Cristo é o Ser Absoluto para todos nós e nosso Salvador. E Ele é o Rei que reina sobre os céus e a terra.

Nosso Senhor disse: “Bem-aventurados os pobres de espírito, porque deles é o reino dos céus.” Quem mais poderia dizer essas coisas? Ninguém pode fazer isso. Nosso Rei é o único Salvador, Jesus Cristo. Hoje em dia, existem muitos teólogos que negam a deidade de Jesus. Todavia, é verdade que Jesus, o Pai de Jesus, e o Espírito Santo são o Deus que criou os céus e a terra (Gênesis 1:1). O Senhor disse aos seus discípulos que “bem-aventurados são os puros de coração, porque eles verão a Deus.”

Existe alguém que duvida da deidade de Jesus entre vocês que receberam a remissão de pecados? Não podemos duvidar nem por um minuto que Jesus Cristo é uma das pessoas do Deus Triuno, e o Rei dos Reis. O Senhor veio a esse mundo e nos salvou dos nossos pecados e do juízo através do evangelho da água e do Espírito. Deus Pai permite que sejamos salvos de todos os nossos pecados de uma vez por todas, se crermos em Jesus como nosso Salvador juntamente com o verdadeiro evangelho. Nós cremos no poder do evangelho da água e do Espírito.

Se Jesus Cristo não fosse Deus, a humanidade não poderia ser liberta do pecado. Se Jesus Cristo não é o Ser Absoluto para nós, toda a Sua obra não foi completa também. E, se este é o caso, então não podemos receber a salvação de todos os nossos pecados por crermos nEle como nosso Salvador. É porque o Filho de Deus veio a esse mundo como Salvador e nos salvou de todos os pecados do mundo que recebemos a salvação de todos os nossos pecados por crermos nEle.



A Bênção que os Pacificadores Recebem

O Senhor disse em Mateus 5:9: “Bem-aventurados os pacificadores, porque eles serão chamados filhos de Deus.” O Senhor nos chama, os cristãos nascidos de novo, de sacerdotes espirituais. Espiritualmente falando, nós somos os sacerdotes, que nos colocamos diante das pessoas neste mundo e as reconciliamos com Deus através de Cristo. Aqueles que se tornaram sacerdotes diante de Deus trabalham duro para que haja essa reconciliação entre Deus e as pessoas. Se passarmos adiante o evangelho da água e do Espírito, e a verdade sobre a remissão de pecados às pessoas desse mundo, nós estaremos trabalhando para a reconciliação entre elas e Deus. Da mesma forma, os justos passam adiante a salvação de Deus, a vontade de Deus, a essas pessoas.

Eles passam adiante essa verdade: “as pessoas pecaram diante de Deus. Por essa razão, elas estão caminhando para a destruição por causa dos seus pecados. Elas irão para o inferno. Portanto, recebam o amor e a salvação de Deus crendo no evangelho da água e do Espírito, assim vocês receberão a salvação de todos os seus pecados.” Nós amamos de verdade o evangelho da salvação e o passamos adiante. Nós libertamos as pessoas e fazemos a reconciliação entre elas e Deus passando adiante a Lei de Deus e o evangelho da água e do Espírito.

Os alunos da nossa escola de missões saíram esses dias para evangelizar as pessoas, e se quisermos alcançar pessoas, devemos afiar a espada espiritual que é a Palavra quando formos alcançá-los. Nós entendemos e cremos no evangelho da água e do Espírito, e asseguramos esse evangelho que nós cremos às almas perdidas. Portanto devemos marcar primeiro as passagens onde o evangelho da água e do Espírito está registrado, e então poderemos alcançá-las. Somente então poderemos encontrar as almas cativas pelo pecado e ensiná-las corretamente. Em tudo, há uma diferença entre fazer algo com fé ou sem fé. Essas palavras da Bíblia são armas poderosas para os justos. Para todo cristão nascido de novo, a Palavra de Deus é uma arma poderosa.

O Senhor disse que os pacificadores são bem-aventurados. Isto significa que existe uma bênção para aqueles que passarem adiante o evangelho da água e do Espírito. Ele disse que estes seriam chamados filhos de Deus. Na verdade, somente os filhos de Deus podem passar adiante o evangelho da água e do Espírito, e aqueles que ouvem o evangelho podem ter paz com Deus. Os justos são fiéis na pregação do evangelho da água e do Espírito. Por esse motivo, eles recebem bênçãos abundantes de Deus no corpo e no espírito.



A Bênção que Aqueles que Sofrem Perseguição por causa da Justiça Recebem

Em Mateus 5:10, é dito: “Bem-aventurados os que sofrem perseguição por causa da justiça, porque deles é o reino dos céus.” Aqueles que crêem no evangelho da água e do Espírito e fazem essa obra terão o Reino de Deus. Aqueles que sofrem perseguição por causa da justiça são bem-aventurados.

Amados irmãos em Cristo, você já foi perseguido por causa da justiça? Você já foi perseguido pelos pecadores por causa da justiça de Deus, pelo evangelho da água e do Espírito, por se manter firme ao evangelho da água e do Espírito, por ter comunhão com a igreja de Deus e o Reino de Deus e fazer a obra de Deus? Você já foi destratado pelas pessoas por causa da sua fé no evangelho da água e do Espírito? Isto é ser perseguido por causa da justiça de Deus. Há bênçãos de Deus para essas pessoas.

Os justos não devem ficar constrangidos por serem perseguidos por causa de justiça de Deus. Isso é bênção de Deus. Se os justos viverem para a justiça de Deus, eles serão perseguidos até mesmo pelos pecadores. Os justos também são perseguidos pelos seus amigos. Se você tentar ficar em comunhão com a igreja de Deus, você certamente sofrerá perseguição. É a vontade de Deus que os justos sejam perseguidos (2 Timóteo 3:12). Eles perseguem os justos com palavras, dizendo: “você realmente tem que ir a todos os cultos ao invés de ter uma vida de pura fé? Você não está ocupado? Pega leve, cara! Será que tem problema se você faltar somente a um culto de domingo por ano? Você tem mesmo que viver pela fé? Você tem que fazer isso realmente?”

Eles fazem isso ou não? Eles fazem sim. “Você tem mesmo que fazer isso e quebrar a forte relação que temos? Parece que a sua fé em Jesus está errada.” É isso que as pessoas dizem. Quando as pessoas no mundo falam sobre paz, elas pensam que paz é estar com elas, mas a verdadeira paz é ser perseguido pelo evangelho de Deus, em prol da salvação das almas. É isso que significa ser perseguido por causa do evangelho de Deus.

Ter paz por você mesmo, por causa do orgulho, da fama, evitando perder alguma coisa não significa ser perseguido pela justiça, mas ser perseguido por sua causa. Essas perseguições não são por causa da justiça de Deus. Essas perseguições são o tipo de perseguição que você sofre por sua causa. O que nosso Senhor falou a respeito foi sobre a perseguição por causa da justiça, por causa da obra dos justos, por causa da salvação das almas, e por causa do Reino de Deus.

Quando alguém insulta e persegue você, e com falsidade diz todo tipo de coisas malignas contra você por causa da justiça de Deus, você deve reagir contra isso em sua mente, dizendo: “mesmo que ela me persiga porque não me compreende, eu devo fazer isso para salvar essa pessoa dos seus pecados.” O Reino dos Céus é para pessoas como você.

Hoje em dia, muitos daqueles que ouviram o verdadeiro evangelho não querem ser perseguidos por causa da justiça de Deus. Por isso, eles ficam temerosos de ter a verdadeira fé em Cristo. Algumas pessoas conhecem o evangelho da água e do Espírito, mas não o passam adiante a outros; e preferem ficar do lado dos pecadores ao de Deus para evitar a perseguição. Estas são as pessoas que não possuem as bênçãos. E mesmo que elas tenham recebido a remissão de pecados, se elas não são perseguidas por causa do evangelho da água e do Espírito, elas acabarão traindo a fé verdadeira ao invés de manter sua fé até o dia em que comparecerão diante de Deus. É até aceitável que alguém seja fraco, mas se ele do fundo do seu coração negar a fé verdadeira e se unir às pessoas do mundo para ir contra o evangelho, ele não é um bem-aventurado.

Assim como os pecadores escolhem os bons peixes para os cestos, e lançam fora os ruins, Deus separará os maus dentre os justos (Mateus 13:47-49). Isto está nas parábolas do Reino no livro de Mateus. Todavia, na realidade, todo aquele que tem o Espírito Santo não pode evitar a perseguição por causa da justiça. Ao contrário, um homem não pode outra coisa senão viver para a justiça depois de ter crido no evangelho e recebido a remissão de pecados. É absolutamente impossível para alguém buscar seus próprios interesses, se ele tem seu coração realmente guiado pelo Espírito Santo. Um homem justo passa por perseguição por causa da justiça.

O fato dos homens justos passarem por dificuldade, é algo de todo ruim ou não? É claro que não. Algumas vezes, nós enfrentamos dificuldade por passarmos adiante o evangelho, mas existe algo que não seja difícil? Eu espero que todos vocês sejam perseguidos por causa da justiça de Deus. Da mesma forma, eu quero ser alguém assim primeiro. Como uma pessoa justa, eu espero que você não seja perseguido por causa de erros desnecessários, tais como, ser pego quando você estiver dirigindo despreocupadamente depois de ter bebido, ser preso por assaltar uma loja, ou ser pego e ir para a cadeia por cometer alguma fraude. Deus não vai ficar feliz com isso.

Jesus diz em Mateus 5:11-12: “Bem-aventurados sois vós, quando vos injuriarem e perseguirem e, mentindo, disserem todo mal contra vós por minha causa. Rogozijai-vos e alegrai-vos, porque grande é o vosso galardão nos céus, pois assim perseguirão os profetas que foram antes de vós.” Ele disse que seremos bem-aventurados quando nós formos injuriados e perseguidos, e quando alguém disser todo mal contra nós por Sua causa.

As pessoas no mundo sempre perseguem os filhos de Deus e as igrejas de Deus. O que isso quer dizer? Isso quer dizer que, os justos, são bem-aventurados. Se nós formos injuriados pelas pessoas do mundo por cremos e seguirmos a justiça de Deus, seremos abençoados por Deus. Justos como estes são abençoados porque eles são perseguidos por causa do evangelho de Deus e por causa da igreja de Deus. Mas alguns não têm fé na Sua Palavra e por isso tentam evitar a perseguição que vem sobre eles por causa de Deus.

Aqueles profetas e servos de Deus no Antigo Testamento, que são nossos antepassados pela fé, foram muito mais perseguidos por causa de Deus do que nós somos.



Nós Somos o Sal e a Luz do Mundo

Jesus disse: “Vós sois o sal da terra. Mas se o sal se tornar insípido, com que se há de salgar? Para nada mais serve senão para ser lançado fora e pisado pelos homens.” Nós, os justos, somos o sal da terra. Os justos serem o sal da terra significa que eles são seres necessários nesse mundo. Pessoas que crêem no evangelho da água e do Espírito são seres necessários nesse mundo.

Entretanto, e se o sal perder o seu sabor? O que significa o sal perder o seu sabor? Significa que ele não pode mais ser usado como sal. Uma pessoa justa perde seu poder porque joga fora a Verdade e anda segundo o curso do mundo ao invés de viver para o evangelho da água e do Espírito.

Em Mateus 5:14-15, está escrito: “Vós sois a luz do mundo.” Está escrito: “Não se pode esconder uma cidade edificada sobre um monte. Nem se acende uma lâmpada e se coloca debaixo de uma vasilha, mas no candelabro, e ilumina todos os que estão na casa.”

Os justos são a luz da salvação. O mundo ouve o evangelho da água e do Espírito por meio dos justos. Em outras palavras, os pecadores recebem a remissão dos seus pecados através de nós, os justos.

Em Mateus 5:16, está escrito: “Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai que está nos céus.” Se nós vivermos glorificando a Deus crendo no evangelho da água e do Espírito, receberemos as oito bênçãos da fé. Nós devemos continuar sempre nessa vida de fé com a fé que crê no Senhor. Nós somos gratos a Deus, que nos deu bênçãos divinas. Essa verdade toda é o Sermão do Monte que o Senhor falou.

 

Voltar para a Lista

 


Versão para impressão   |  

 
Bible studies
    Sermões
    A declaração de fé
    O que é o evangelho?
    Termos Bíblicos
    FAQ para a Fé Cristã

   
Copyright © 2001 - 2017 The New Life Mission. ALL RIGHTS reserved.