Livros cristãos gratuitos para estudos bíblicos sobre salvação, o Espírito Santo, o Tabernáculo e o Apocalipse de João

HOME  |  MAPA DO SITE  |  CONTATO  |  AJUDA    
Estudos da Bíblia Livros Cristãos
Grátis
e-livros Cristãos
Grátis
Sobre Nós
 



 Os sermões em assuntos importantes por Rev. Paul C. Jong

 

Quem será Salvo Durante a Grande Tribulação?


< Apocalipse 7:1-17 >

“Depois disto, vi quatro anjos em pé nos quatro cantos da terra, conservando seguros os quatro ventos da terra, para que nenhum vento soprasse sobre a terra, nem sobre o mar, nem sobre árvore alguma.Vi outro anjo que subia do nascente do sol, tendo o selo do Deus vivo, e clamou em grande voz aos quatro anjos, aqueles aos quais fora dado fazer dano à terra e ao mar, dizendo: Não danifiqueis nem a terra, nem o mar, nem as árvores, até selarmos na fronte os servos do nosso Deus. Então, ouvi o número dos que foram selados, que era cento e quarenta e quatro mil, de todas as tribos dos filhos de Israel:

da tribo de Judá foram selados doze mil;

da tribo de Rúben, doze mil;

da tribo de Gade, doze mil;

da tribo de Aser, doze mil;

da tribo de Naftali, doze mil;

da tribo de Manassés, doze mil;

da tribo de Simeão, doze mil;

da tribo de Levi, doze mil;

da tribo de Issacar, doze mil;

da tribo de Zebulom, doze mil;

da tribo de José, doze mil;

da tribo de Benjamim foram selados doze mil.

Depois destas coisas, vi, e eis grande multidão que ninguém podia enumerar, de todas as nações, tribos, povos e línguas, em pé diante do trono e diante do Cordeiro, vestidos de vestiduras brancas, com palmas nas mãos; e clamavam em grande voz, dizendo: Ao nosso Deus, que se assenta no trono, e ao Cordeiro, pertence a salvação. Todos os anjos estavam de pé rodeando o trono, os anciãos e os quatro seres viventes, e ante o trono se prostraram sobre o seu rosto, e adoraram a Deus, dizendo:

Amém! O louvor, e a glória, e a sabedoria,

e as ações de graças, e a honra, e o poder,

e a força sejam ao nosso Deus, pelos séculos dos séculos.

Amém!

Um dos anciãos tomou a palavra, dizendo: Estes, que se vestem de vestiduras brancas, quem são e donde vieram? Respondi-lhe: meu Senhor, tu o sabes. Ele, então, me disse: São estes os que vêm da grande tribulação, lavaram suas vestiduras e as alvejaram no sangue do Cordeiro, razão por que se acham diante do trono de Deus e o servem de dia e de noite no seu santuário; e aquele que se assenta no trono estenderá sobre eles o seu tabernáculo. Jamais terão fome, nunca mais terão sede, não cairá sobre eles o sol, nem ardor algum, pois o Cordeiro que se encontra no meio do trono os apascentará e os guiará para as fontes da água da vida. E Deus lhes enxugará dos olhos toda lágrima.”



Exegese

Versículo 1: “Depois disto, vi quatro anjos em pé nos quatro cantos da terra, conservando seguros os quatro ventos da terra, para que nenhum vento soprasse sobre a terra, nem sobre o mar, nem sobre árvore alguma.”

Isso nos mostra que se o vento das tribulações sopram ou não depende da vontade de Deus. Deus decidiu que Ele salvará 144.000 da tribo de Israel e fazê-los seu povo, antes de permitir a Grande Tribulação nesta terra.


Versículos 2-3: “Vi outro anjo que subia do nascente do sol, tendo o selo do Deus vivo, e clamou em grande voz aos quatro anjos, aqueles aos quais fora dado fazer dano à terra e ao mar, dizendo: Não danifiqueis nem a terra, nem o mar, nem as árvores, até selarmos na fronte os servos do nosso Deus.”

Aqui, Deus manda os quatro anjos, aos quais fora dado fazer dano à terra e ao mar, não danificarem o mundo até que os 144.000 Israelitas sejam selados. Deus falou para eles, em outras palavras, para não danificarem até que os 12.000 escolhidos de cada tribo de Israel sejam selados na fronte com o selo da vida de Deus. Esta foi a ordem especial de Deus, mostrando a Sua preocupação particular com o povo de Israel.


Versículo 4: “Então, ouvi o número dos que foram selados, que era cento e quarenta e quatro mil, de todas as tribos dos filhos de Israel:”

Aqueles que são selados por Deus receberão proteção especial de Deus e Suas bênçãos da salvação, mesmo durante a Grande Tribulação no fim dos tempos.


Versículos 5-9: “da tribo de Judá foram selados doze mil; da tribo de Rúben, doze mil; da tribo de Gade, doze mil; da tribo de Aser, doze mil; da tribo de Naftali, doze mil; da tribo de Manassés, doze mil; da tribo de Simeão, doze mil; da tribo de Levi, doze mil; da tribo de Issacar, doze mil; da tribo de Zebulom, doze mil; da tribo de José, doze mil; da tribo de Benjamim foram selados doze mil. Depois destas coisas, vi, e eis grande multidão que ninguém podia enumerar, de todas as nações, tribos, povos e línguas, em pé diante do trono e diante do Cordeiro, vestidos de vestiduras brancas, com palmas nas mãos;”

Este versículo nos fala o número de se1ados entre o povo de Israel – 12.000 de cada tribo de Israel serão selados como recebedores da graça especial de Deus. Deus dará a salvação a 12.000 de cada tribo de Israel e os tornará Seu povo; esta graça especial será derramada em cada tribo igualmente.

Como Deus amou cada tribo de Israel igualmente, Ele deu a todas elas a mesma bênção de se tornarem Seu povo. Deus revestiu os Israelitas com esta graça para cumprir Sua Palavra da promessa dada a Abraão e seus descendentes. Como podemos ver, Deus cumpre todas as coisas que Ele prometeu e planejou para a humanidade.

Isso nos fala que um grande número de Gentios também será salvo durante a Grande Tribulação e se tornarão o povo de Deus. Haverá, em outras palavras, uma incontável multidão, entre os Gentios também, que serão libertos de seus pecados pela crença no evangelho da água e do Espírito e serão martirizados com sua fé no fim dos tempos. Nós devemos nos lembrar que Deus trabalha para fazer dos Gentios Seu povo, mesmo até os últimos dias.


Versículos 10-11: “e clamavam em grande voz, dizendo: Ao nosso Deus, que se assenta no trono, e ao Cordeiro, pertence a salvação. Todos os anjos estavam de pé rodeando o trono, os anciãos e os quatro seres viventes, e ante o trono se prostraram sobre o seu rosto, e adoraram a Deus,”

Deus derrama a Sua graça da salvação, mesmo no fim dos tempos, para os Israelitas e para nós, os Gentios. Nosso Senhor é digno de receber toda honra, glória e louvor. Para os santos, ninguém mais além de Deus é objeto de toda a sua adoração.


Versículo 12: “dizendo: Amém! O louvor, e a glória, e a sabedoria, e as ações de graças, e a honra, e o poder, e a força sejam ao nosso Deus, pelos séculos dos séculos. Amém!”

Todos os ministros de Deus dão graças ao Senhor, que é Deus. É apropriado que Deus receba todo este louvor e honra.


Versículos 13-14: “Um dos anciãos tomou a palavra, dizendo: Estes, que se vestem de vestiduras brancas, quem são e donde vieram? Respondi-lhe: meu Senhor, tu o sabes. Ele, então, me disse: São estes os que vêm da grande tribulação, lavaram suas vestiduras e as alvejaram no sangue do Cordeiro,”

Deus reunirá Sua última colheita, após Ele iniciar o vento da Grande Tribulação, para fazer os santos vencerem seu glorioso martírio e defenderem a sua verdadeira fé.

Quando os primeiros três anos e meio do período de sete anos da Grande Tribulação passarem, os santos serão duramente perseguidos pelo Anticristo e serão martirizados para defenderem sua fé. Esta Tribulação do martírio tem uma dimensão diferente de qualquer outra que já houve na história da Igreja; Ela exigirá muito da fé dos santos que crêem em Deus nesta terra. O martírio é uma grande honra para os santos. Através do seu martírio, os santos podem revelar mais claramente a sua verdadeira fé em Deus. No fim dos tempos da Grande Tribulação, todos os santos defenderão sua fé através do seu martírio, tomarão parte em sua ressurreição e arrebatamento, e permanecerão diante do trono de Deus.


Versículos 15-16: “razão por que se acham diante do trono de Deus e o servem de dia e de noite no seu santuário; e aquele que se assenta no trono estenderá sobre eles o seu tabernáculo. Jamais terão fome, nunca mais terão sede, não cairá sobre eles o sol, nem ardor algum,”

Aqueles que têm a verdadeira fé diante de Deus serão martirizados no fim dos tempos da Grande Tribulação para defenderem a sua fé na salvação do evangelho da água e do Espírito. Deus dará aos santos com esta fé Sua proteção especial e bênção, e os abraçará em Seus braços.

Tendo lutado com o Anticristo e sendo martirizados e ressuscitados, os santos nunca mais morrerão ou terão tristeza no Reino de Deus. Eles viverão eternamente nas bênçãos dadas para os filhos de Deus. Aqueles que vivem abraçados nos braços de Deus não perderão nada, nem sofrerão nenhum dano ou angústia do mal. Tudo o que os espera agora é a recompensa especial de Deus, o amor e a glória que serão derramadas sobre eles para sempre.


Queira saber mais sobre a Revelação (Apocalipse)? Por favor clique no banner abaixo para adquirir seu livro grátis sobre a Revelação (Apocalipse).
Bible study on Revelation

Versículo 17: “pois o Cordeiro que se encontra no meio do trono os apascentará e os guiará para as fontes da água da vida. E Deus lhes enxugará dos olhos toda lágrima.”

Deus será o Pastor eterno dos santos e lhes dará as suas bênçãos eternas. Para recompensar todos os sofrimentos e o martírio que os santos enfrentaram por causa do Senhor nesta terra, Deus os guiará para as fontes de águas vivas, permitindo que comam o pão com o Senhor, diante do trono de Deus, e os revestirá eternamente com Suas bênçãos, para uni-los em toda Sua glória. Porque os santos, enquanto estiveram nesta terra, creram no evangelho da água e do Espírito, viveram uma vida de serviço para a glória do Senhor e foram martirizados em Seu nome, Deus permitirá que, aqueles que defenderam sua fé, vivam para sempre no meio da Sua glória no Novo Céu e Nova Terra. Aleluia! Louve ao Senhor!

Voltar para a Lista

 


Versão para impressão   |  

 
Bible studies
    Sermões
    A declaração de fé
    O que é o evangelho?
    Termos Bíblicos
    FAQ para a Fé Cristã

   
Copyright © 2001 - 2017 The New Life Mission. ALL RIGHTS reserved.