Livros cristãos gratuitos para estudos bíblicos sobre salvação, o Espírito Santo, o Tabernáculo e o Apocalipse de João

HOME  |  MAPA DO SITE  |  CONTATO  |  AJUDA    
Estudos da Bíblia Livros Cristãos
Grátis
e-livros Cristãos
Grátis
Sobre Nós
 



 Os sermões em assuntos importantes por Rev. Paul C. Jong

 

Os Judeus Acreditam em Deus como o Pai da Criação?


Os judeus crêem em Deus, o Criador do universo, que governa sobre a vida e a morte de toda a humanidade e levanta e faz cair as nações, como seu Pai. No Antigo Testamento, o nome de Deus é chamado “Elohim” ou “Jehovah”, mas no Novo testamento é Jesus Cristo quem é chamado de Deus.

Jesus mesmo chamou Deus de “Deus o Pai” (João 6:27), “Pai nosso que estás nos céus” (Mateus 6:9), “Pai Santo” (João 17:11), e “Meu Pai” (João 20:17), ensinando Seus discípulos repetidamente para assegurar que eles guardariam Seus ensinamentos em seus corações.

No Cristianismo, nós nos tornamos verdadeiros crentes quando encontramos e cremos em Jesus como Ele é revelado no evangelho da água e do Espírito, Deus Seu Pai, e Deus o Espírito Santo. Os cristãos devem conhecer realmente quem é esse Deus em que eles crêem.



Os cristãos acreditam em Deus como o Pai da Criação

Os cristãos crêem em um Deus Triuno como o Autor fundamental da humanidade – isto é, eles acreditam ser Deus a fonte e o provedor da vida. Deus criou a humanidade, e Ele salva e cuida dos santos através de Sua Igreja.

Pelo fato do Deus do Cristianismo ter criado todo o universo e feito os seres humanos à Sua imagem, Ele é o Pai de toda a humanidade. Quando um missionário pregou o evangelho para alguns nativos americanos pela primeira vez, um velho chefe perguntou a ele: “você disse que Deus é o nosso Pai?” O missionário respondeu: “sim!” O chefe então perguntou de novo: “então você está dizendo que Deus é meu Pai também?” O missionário respondeu: “com certeza!” De repente, o rosto do chefe ficou iluminado, e extendendo suas mãos ele disse: “Então você e eu somos irmãos!” Em Deus o Pai, todos os seres humanos são irmãos fisicamente. A fraternidade espiritual deles, por outro lado, se torna completa quando eles crêem no evangelho da água e do Espírito.

A verdadeira paz mundial é encontrada somente quando as pessoas encontram e servem a Deus o Criador que é a raiz da humanidade. Se os seres humanos, continuando ignorantes acerca de Deus, seguirem somente as raízes de seus próprios ancestrais e perseguirem o naturalismo chauvinista, a humanidade irá certamente autodestruir-se por causa de seu orgulho, ganância, ciúme, ódio, conflitos, e a guerra. Por isso, todos nós devemos nos tornar os filhos espirituais de Deus pela fé no batismo da água e do espírito que Deus nos deu.

É Deus o Pai que nos dá os calorosos raios de sol pela manhã, lindos pores-do-sol, as quatro estações do ano, e o dia e a noite. E é Ele que nutre e alimenta todas as formas de vida, a humanidade e os animais, trazendo a chuva e o orvalho e nos dando abundância de frutos na terra. Por isso que o Salmo 100:3 diz: “Sabei que o Senhor é Deus; foi ele, e não nós, que nos fez povo seu e ovelha de seu pasto” .

Pelo fato de Deus saber como nossos corpos funcionam, ele nos alimenta com os produtos adequados para cada uma das quatro estações do ano. Por exemplo, porque nós suamos muito com o calor do verão, Deus nos dá frutos suculentos e frescos como as pêras, melões, tomates, uvas e outros.

Em particular, nós não podemos ajudar mas nos maravilhamos com o trabalho que é feito dentro do nosso corpo por ele mesmo. Agora sabemos bem que a vida do ser humano se encontra no sangue, mas isso já havia sido escrito nas Sagradas Escrituras mais de 3.500 anos atrás (Levítico 17:11). Esse sangue circula dentro do nosso corpo por mais de 675 km num único dia. E se nós fôssemos andar qualquer distância maior do que 40 km em um dia sem descansar, nós iríamos ficar exaustos na hora. E mais, nossos corações fazem o sangue circular mais de 675 km num único dia, sem nenhum descanso em todos os 365 dias do ano. Nós apagamos as luzes quando vamos dormir, mas nossos corações nunca são desligados. Quem, então, está bombeando esses corações? É o pai da Vida que trabalha nos mistérios mais profundos da vida que nós não conhecemos.

O ar que os seres humanos respiram, a água que eles bebem, e a comida que eles comem foram todos claramente dados por Deus. É por isso que Jacó, o homem de fé, disse: “… O Deus que me sustentou, desde que eu nasci até esse dia” (Gênesis 48:15). Também, ao povo ingrato de Israel, disse Isaías: “Ouví, o céus, e presta ouvidos, tu ó terra, porque fala o Senhor: criei filhos e exalcei-os; mas eles prevaricaram contra mim. O boi conhece o seu possuidor, e o jumento a manjedoura de seu dono; mas Israel não tem conhecimento, o meu povo não entende” (Isaías 1:2-3).

Sendo assim, devemos ter consciência de que é Deus quem alimenta e supre nossa alma. Deus é o provedor e o Pai de toda a humanidade.



Nós Devemos Reconhecer Deus como Aquele que Nos Salvou dos Pecados do Mundo.

O amor de Deus que nos salvou dos nossos pecados é ilimitado e eterno. Mas a história da humaniadade muda, e sua religião muda também incontáveis vezes. Mas o amor de Deus nunca muda, ontem, hoje, e amanhã.

O amor carnal das pessoas não pode durar para sempre. Emocionalmente comovidos, eles somente acham que o que sentem é amor, mas isso muda de uma hora para outra. O que acontece constantemente nada mais é do que emoção. O amor carnal dos seres humanos é sempre egoísta e centrado neles mesmos.

Mas o verdadeiro amor de Deus é absoluto, sacrificial, e eterno. É por isso que a Bíblia nos diz que Deus amou tanto o mundo que Ele enviou seu único Filho. Foi assim que Ele nos salvou dos pecados do mundo. Como tal, Romanos 5:8 diz: “Mas Deus prova seu amor para conosco, em que Cristo morreu por nós, sendo nós ainda pecadores”. João 3:16 diz: “Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna”. E 1 João 4:10 diz: “Nisto está o amor, não em que nós tenhamos amado a Deus, mas em que Ele nos amou a nós, e enviou seu Filho para propiciação pelos nossos pecados”. Nós devemos crer em Deus, mas também devemos ser salvos dos nossos pecados e receber a vida eterna por crer no Evangelho da água e do Espírito.



Deus ouve nossas orações

A relação paternal entre um pai e seu filho é uma relação onde carne e sangue são compartilhados. Da mesma forma, aqueles que creem em Deus se tornam Seus filhos por crer no batismo de Jesus e Seu sangue como o evangelho da remissão de pecados. É dessa forma que eles podem viver todos juntos em uma casa. Enquanto estivermos nessa terra, nenhuma outra senão a Igreja de Deus é a casa dos santos, e quando deixarmos esse mundo para trás, nossa casa será o eterno Reino dos Céus.

A bênção de chamarmos a Deus de nosso próprio Pai e sermos salvos de todos os nossos pecados se torna possível somente através da fé que crê no evangelho da água e do Espírito. Romanos 8:15 então diz: “Porque não recebestes o espírito de escravidão, para outra vez estardes em temor, mas recebestes o espírito de adoção de filhos, pelo qual clamamos: Abba, Pai”. Esse é um fato maravilhoso, e absolutamente verdadeiro! O verdadeiro evangelho da água e do Espírito é o evangelho que perdoa a todos de seus pecados. É pela fé, contudo, que podemos ser perdoados pelos nossos pecados.

E o Espirito Santo pode vir somente para aqueles que foram perdoados pelos seus pecados por crer no evangelho da água e do Espírito. E somente aqueles que receberam o Espírito Santo podem ser tornar seus filhos. E pela sua fé no Senhor, todos podem receber tudo que pedirem a Deus em nome de Jesus Cristo. João 16:23 portanto afima: “… na verdade, na verdade vos digo que tudo quanto pedirdes a meu Pai, em meu nome, ele vo-lo há de dar” .

Deus é aquele Pai que, não importa quanto Seus filhos clamem por Seu nome, Ele nunca se aborrece nem os repreende (Tiago 1:5).



Nós Devemos Acreditar em Deus como Aquele que Nos Daria Nossa Herança

Aqueles que crêem no Evangelho da água e do Espírito dado por nosso Senhor se tornaram Seus filhos adotivos. Como Romanos 8:15 afirma: “Porque não recebeste o espírito de escravidão, para outra vez estardes em temor, mas recebestes o espírito de adoção de filhos, pelo qual clamamos: Abba, Pai”.

Quer saber mais sobre "A Fé do Credo dos Apóstolos"? Por favor clique no banner abaixo para dos Apóstolos.
The faith of the Apostles' creed

E se eles se tornaram filhos de Deus, então isso significa que eles irão certamente aproveitar o máximo da sua herença na vida eterna. Como Romanos 8:17-18 diz: “E, se nós somos filhos, somos logo herdeiros também, herdeiros de Deus e coherdeiros de Cristo: se é certo que com Ele padecemos, para que com Ele também sejamos glorificados. Porque para mim tenho por certo que as aflições desse tempo presente não são para comparar com a glória que em nós há de ser revelada”. Aqui, a palavra “herdeiros” é enfatizada três vezes, significando aqueles que iriam suceder a Deus – isto é, seus próprios herdeiros.

Gálatas 4:7 também afirma: “Assim que já não és mais servo, mas filho; e, se és filho, és também herdeiro de Deus por Cristo”. A frase, “herdeiros unidos com Cristo” nos diz que somos aqueles que vão herdar tudo aquilo que o Deus do Cristianismo possui. Por nós mesmos, não podemos sequer ousar entrar no Reino dos Céus sem a fé que crê no Evangelho da água e do Espírito. Mas por crer no batismo e no sangue do único Filho de Deus, nós podemos receber a remissão de nossos pecados, e então entrar no Reino dos Céus. João 6:39 afirma: “E a vontade do Pai que me enviou é esta: que nenhum de todos aqueles que me deu se perca, mas que ressuscite no último dia”.

 

Voltar para a Lista

 


Versão para impressão   |  

 
Bible studies
    Sermões
    A declaração de fé
    O que é o evangelho?
    Termos Bíblicos
    FAQ para a Fé Cristã

   
Copyright © 2001 - 2017 The New Life Mission. ALL RIGHTS reserved.