Livros cristãos gratuitos para estudos bíblicos sobre salvação, o Espírito Santo, o Tabernáculo e o Apocalipse de João

HOME  |  MAPA DO SITE  |  CONTATO  |  AJUDA    
Estudos da Bíblia Livros Cristãos
Grátis
e-livros Cristãos
Grátis
Sobre Nós
 



 Os sermões em assuntos importantes por Rev. Paul C. Jong

 

Sermão sobre o Santo Filho 6



O Senhor Irá Voltar Como o Senhor do Juízo


< Apocalipse 20:11-15 >

“E vi um grande trono branco, e o que estava assentado sobre ele, de cuja presença fugiu a terra e o céu; e não se achou lugar para eles. E vi os mortos, grandes e pequenos, que estavam diante do trono, e abriram-se os livros; e abriu-se outro livro, que é o da vida: e os mortos foram julgados pelas coisas que estavam escritas nos livros, segundo as suas obras. E deu o mar os mortos que nele havia; e foram julgados cada um segundo as suas obras. E a morte e o inferno foram lançados no lago de fogo: está é a segunda morte. E aquele que não foi achado escrito no livro da vida foi lançado no lago de fogo.”



Esse mundo será julgado pelo Senhor pelos seus pecados. Em particular, devemos prestar bastante atenção ao fato de que o Senhor mesmo será o Executor do Último Julgamento. Como tal, o Credo dos Apóstolos confessa: “(Eu creio que) Ele ascendeu ao Céu, e está assentado ao lado direito de Deus Pai Todo Poderoso; e de lá Ele virá para julgar os vivos e os mortos.”

Em todas as coisas, se existe um começo, então deve haver um fim. Como sendo o próprio Deus, Jesus é portanto o Criador assim como o Juiz. Pelo fato do Senhor ser o Salvador da humanidade, Ele é também o Juiz. Ele é “o primeiro e o último.”

A Bíblia nos diz que há um tempo determinado para todas as coisas debaixo do céu. Como Eclesiastes 3:1 diz: “Tudo tem o seu tempo determinado, e a tempo para todo o propósito debaixo do céu,” e Atos 17:31 diz: “Porquanto tem determinado um dia em que com justiça há de julgar o mundo, por meio do varão que destinou.” Assim sendo, Deus irá certamente julgar os pecados da humanidade. O padrão desse julgamento é medido por alguém ter crido ou não no evangelho da água e do Espírito, e todos serão julgados por esse critério.



O Tempo do Juízo

O Dia do Juízo virá quando Deus tiver anunciado completamente o evangelho da água e do Espírito em todo o mundo (Mateus 24:14). Este será o dia final deste mundo, o dia do seu fim. Este é o dia citado em Apocalipse 20:11, que diz: “E vi um grande trono branco, e o que estava assentado sobre ele, de cuja presença fugiu a terra e o céu; e não se achou lugar para eles.”

Também é declarado em 2 Pedro 3:10: “mas o dia do Senhor virá como o ladrão de noite; no qual os céus passarão com grande estrondo, e os elementos, ardendo, se desfarão, e a terra e as obras que nela há, se queimarão.”

Além disso, nem todo mundo pode fugir do julgamento de Deus, mas pode evitá-lo crendo no evangelho da água e do Espírito dado por Deus. As Escrituras se referem a esse dia como o “Dia do Juízo.” (Mateus 11:22, 12:36; Atos 17:31) e o “Dia da Ira de Deus” (Romanos 2:5; Apocalipse 16:1).



O Propósito do Juízo de Deus para esse Mundo

Salmo 97:2 diz: “justiça e juízo são a base de seu trono.” Sendo assim, o propósito do juízo de Deus para esse mundo é premiar a justiça e punir os pecadores.

Somente o onipotente e onisciente Senhor da justiça separará exatamente Suas ovelhas dos bodes (Mateus 25:32), e Seu trigo do joio (Mateus 3:12). Sendo assim, quando o último dia chegar, aqueles que crêem serão inerrantemente separados daqueles que não crêem.

A primeira metade de Apocalipse 20:11 diz: “E vi um grande trono branco, e o que estava assentado sobre ele.” Isto nos fala que ninguém pode esconder seus pecados dEle. E assim sendo, as pessoas devem receber a remissão dos seus pecados de uma vez por todas, crendo no evangelho da água e do Espírito dado pelo Senhor, ou então serão destruídos. Quem pode fingir diante de Deus que é justo (Salmo 143:2)? Vamos, portanto, confessar nossos pecados e crer no evangelho da água e do Espírito. Como Deus nos disse em Provérbios 28:13; “O que encobre suas transgressões, nunca prosperará; mas o que as confessa e deixa, alcançará misericórdia.”



A Natureza do Juízo

A natureza do juízo de Deus para os pecadores pode ser entendida quando primeiramente nós compreendemos a essência e os atributos do Senhor, que é o próprio Juiz. Esse juízo é realizado dentro da compaixão de Deus, e portanto não há misericórdia. Se Deus fosse julgar os pecadores sem antes ter apagado seus pecados com o evangelho da água e do Espírito, Ele iria parecer realmente um Deus terrível para nós. Mas porque Jesus apagou todos os pecados do mundo através do Seu batismo e Seu sangue na Cruz, foi determinado por Deus que aqueles que cressem seriam salvos e os que não cressem seriam julgados.

É por isso que Hebreus 9:27 diz: “E como aos homens está ordenado morrer uma vez, vindo depois disso o juízo.” Em Mateus 25:31-33, Jesus mesmo disse: “E quando o Filho do homem vier em sua glória, e todos os santos anjos com ele, então se assentará no trono da sua glória; e todas as nações serão reunidas diante dele, e apartará um dos outros, como o pastor afasta dos bodes as ovelhas; e porá as ovelhas à sua direita, mas os bodes à esquerda. Ele também disse no versículo 46: “E irão estes para o tormento eterno, mas os justos para a vida eterna.”

Porque sermos meros mortais, mesmo quando cremos, na nossa falta de entendimento e disposição impetuosa, desejamos que os problemas desse mundo sejam resolvidos. Mas Jesus irá julgar aqueles que não creram na remissão de pecados que Ele concedeu a eles.

Apocalipse 20:12 afirma: “E vi os mortos, grandes e pequenos, que estavam diante do trono, e abriram-se os livros; e abriu-se outro livro, que é o da vida: e os mortos foram julgados pelas coisas que estavam escritas nos livros, segundo as suas obras.”

Existem dois tipos de livro diante de Deus, e eles são o Livro da Vida e o Livro das Obras, isto é, o Livro do Juízo. Estes serão os modelos do juízo. Os livros descritos acima referem-se aos livros nos quais as obras da humanidade são registradas. A Lei aponta os pecados, e nos ensina que qualquer um que não crê no evangelho da água e do Espírito dado pelo Senhor não terá como ser salvo dos seus pecados. Que Deus julgará dessa forma a humanidade com o Livro da Obras e o Livro da Vida é o justo juízo. Dependendo se cremos em Jesus Cristo como Deus, e se cremos no evangelho da água e do Espírito que Ele nos deu, nossos nomes estão escritos no Livro das Obras e no Livro da Vida. E baseado nesse registro, nós seremos premiados ou punidos.

Quando Thomas Edison, o rei da invenção, ouviu sua própria voz reproduzida pelo gramofone que ele havia inventado, disse: “Até mesmo o homem pode ouvir sua própria voz gravada. Não teria Deus, então, gravado todas as nossas obras também?”

Embora algumas celebridades reconhecidas mundialmente como Gary Cooper, Marylin Monroe, John Wayne, and Bruce Lee tenham morrido aqui na terra a muito tempo atrás, suas vozes, gestos, e atuações ainda são vistas na TV, tão cheios de vida hoje como no passado. Quando meros mortais podem alcançar essas coisas com sua tecnologia e conhecimentos limitados, o Deus Todo Poderoso não seria capaz de fazer isso também?

Assim sendo, a questão da fé – isto é, se alguém crê no bastimo de Jesus e no Seu sangue na Cruz – é mais importante do que a questão da sua própria vida ou morte. E por quê? Porque dependendo se essa pessoa crê no evangelho da água e do Espírito ou não, ela receberá de Deus o perdão dos seus pecados, ou enfrentará a condenação de Jesus por causa do seu pecado.

A Lei de Deus nos permite conhecer os nossos pecados, e na presença de Jesus Cristo, Seu batismo e Seu sangue nos leva a crer na remissão dos nossos pecados. Mas tão logo as pessoas creiam no evangelho da água e do Espírito, elas então jamais poderão ser chamadas de pecadoras. Isso acontece porque a Lei de Deus não vê somente os pecados externos, mas toca no mais profundo do coração humano. A Lei diz, por exemplo: “Eu porém, vos digo que qualquer que atentar numa mulher para a cobiçar, já em seu coração cometeu adultério com ela.” Da mesma forma, mesmo que não tenhamos realmente matado alguém, se nós tivermos ódio, ciúme ou inveja que compõem nossas motivações mortais, a Lei nos diz que nós já matamos (Mateus 5:21-22, 27-28).

Além disso, mesmo que nós tenhamos guardado bem a Lei de Deus, quando nós a quebramos só uma vez, somos então julgados por ter quebrado todas elas. É por isso que a humanidade deve crer no evangelho da água e do Espírito dado pelo Senhor.

Deus portanto deu à humanidade Jesus Cristo, que completou a justiça de Deus por nós separado da Lei (Romanos 3:21). Qualquer um que creia que Cristo, obedecendo completamente a Lei, foi batizado, levou sobre Si os pecados do mundo, e morreu na Cruz será salvo dos seus pecados, somente por crer nessa verdade. Esta é a aliança da salvação recebida pela fé (Romanos 5:19).

Acusando nossos corações por causa dos pecados do mundo, o diabo tenta nos tragar para o inferno. Mas pela intercessão de Cristo, aqueles que crêem são perdoados dos seus pecados e portanto entram no Céu. Por isso 1 João 2:1 afirma: “se alguém pecar, temos um advogado para com o Pai, Jesus Cristo, o justo.”

Quer saber mais sobre "A Fé do Credo dos Apóstolos"? Por favor clique no banner abaixo para dos Apóstolos.
The faith of the Apostles' creed

Dentro desta compreensão, o juízo eterno entre Céu e inferno não será decidido pelas nossas obras boas ou más, mas será decidido se crermos ou não no bastismo de Jesus Cristo, e se cremos nEle como Deus ou não. Sendo assim, todos deveriam, enquanto neste mundo, crer no evangelho da água e do Espírito dado por Cristo que é a verdade mais importante.

Nosso Senhor mesmo disse: “E, como Moisés levantou a serpente no deserto, assim importa que o Filho do homem seja levantado; para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna” (João 3:14-16).

Jesus, que foi batizado por João para levar os pecados da humanidade e cumprir toda a justiça, carregou esses pecados até a Cruz. Aqueles nesse mundo que crêem em Jesus Cristo estão salvos dos seus pecados. Porque Jesus foi batizado para suportar os pecados de toda a humanidade e morreu na Cruz, até um ladrão e assassino como Barrabás também foi salvo. Sendo assim, a humanidade só pode evitar o juízo se voltando para Cristo o mais rápido possível e crendo nEle.

Enquanto vivos, todos os seres humanos estão parados em um cruzamento, onde eles devem escolher dois caminhos para destinos opostos – a destruição eterna ou a vida eterna.

Voltar para a Lista

 


Versão para impressão   |  

 
Bible studies
    Sermões
    A declaração de fé
    O que é o evangelho?
    Termos Bíblicos
    FAQ para a Fé Cristã

   
Copyright © 2001 - 2017 The New Life Mission. ALL RIGHTS reserved.